Arte
1968 - Cinema e revolução 9 - Guy Debord e a sociedade do espetáculo (20) Se a novelle vague subverteu a linguagem, 68 transgrediu seus limites. A radical dissociação da imagem e som, a provocação e o jogo selam o total rompimento com a narrativa...
26/05/2011 - 17:13


Arte
1968 - Cinema e revolução 8 - O radicalismo de 68 - por um cinema do antipoder A imaginação no poder. Este slogan resume o espírito dos artistas de 68. Não havia uma crise econômica, mas, sim, uma sociedade em crise, fraturada pela...
26/05/2011 - 17:07


Arte
1968 - Cinema e revolução 7 - América latina – cinema de libertação O cinema latino-americano viveu seu grande momento nos anos 60. Na América Latina, tem início uma consistente produção cinematográfica inspirada inicialmente no neo-realismo, mas...
25/05/2011 - 11:43


Convidados
Teórico renomado, político polêmico, segue artigo de Ruy Fausto crítico ao intelectual-pop?/polêmico?/revolucionário? da atual nova esquerda. ver no original: http://www.revistafevereiro.com/01/mkk1.html (revista Fevereiro 1)  ...
24/05/2011 - 12:52


Arte
1968 - Cinema e revolução 6 - 68 e o cinema – rápida panorâmica (10) O nascimento da Novelle Vague foi o estopim de uma revolução que estouraria ao longo da década de 60 em todo o mundo. Os cinemas novos possuíam particularidades locais, mas estavam...
19/05/2011 - 10:21